A nossa equipa


O Pico Dogs é representado por um grupo especial de pessoas que dedicam o seu tempo protegendo os cães abandonados e trabalhando duro para dar-lhes uma nova vida além do canil. Aqui está uma breve descrição de algumas das pessoas da nossa equipa.

Dania Tesei


Dania é voluntária no canil da Madalena desde 2014. Em 2016, ela lançou a colaboração com a Associação Tierhilfe Phoenix para aumentar as adoções dos cães abandonados do Pico na Alemanha. Também colabora com a SICS (Escola Italiana de Cães de Resgate Aquático) desde 2017, acompanhada do seu cão Terra Nova Coda, que também se tornou embaixador do Pico Dogs.

 

Karen Smets


Karen está tirar um curso como técnico veterinário na Bélgica. Durante os seus estudos, ela aprendeu muito sobre o comportamento canino e medicina canina. Em 2017, fez um estágio na CW Azores, na Ilha do Pico, e ofereceu-se como voluntária no canil municipal da Madalena em conjunto com a Dania. Karen acabou por adotar uma cachorrinha, PICO DOG, á qual lhe deu o nome de Madi, em homenagem à vila principal da ilha do Pico, designada Madalena. Karen e Madi voaram de volta para a Bélgica, onde eles estão muito felizes. Desde então, ela continua visitando a ilha e ajuda o máximo possível do seu país.

 

Ursula Moghini


Ao contrário dos de seus colegas, Ursula nunca trabalhou em estruturas para cães, mas ela sempre teve cães como animais de estimação em sua casa, desde o gigante São Bernardo até o pequeno chihuahua Willy, que ainda mora com ela. Ursula está muito dedicada e empenhada em colaborar com esta organização sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo ajudar os cães abandonados. Ela acredita que os cães são sempre honestos e generosos, nunca mentem ou traem. Mas ainda há mais: também acredita que se olharmos nos olhos do nosso cachorro, é impossível pormos a hipótese de eles não possuírem alma e sentimentos próprios.

Sarah Melo Costa


A Sarah nasceu no Pico. Ela é uma pessoa com um coração enorme e tem um amor muito genuíno pelos animais, amor este, que tão facilmente não se encontra na ilha ou em qualquer outro lugar. Ao ver como muito locais tratam os cães fá-la sofrer muito.

Sarah decidiu juntar-se à Associação PICO DOGS com o intuito de dedicar um pouco do seu tempo a dar amor e carinho aos cães abandonados da ilha do Pico e contribuir para que estes sejam mais bem cuidados.

 

 

%d bloggers like this: